quinta-feira, 18 de setembro de 2008

O poder da Internet

Hoje vou postar mais cedo.
Então não é que cá em casa se pegou mais uma vez ao fundo?!
Foi o tacho do galo do campo, que o meu pai havia matado para o almoço.
E como se não bastasse, torraram-se também as pêras que estavam a ser cozidas num pequeno tacho, para dar ao pai.
E isto tudo porquê?
Porque a internet consegue fazer destas coisas. São as visitas, os comentários e as conversas.
Claro que devemos ter o nosso tempo de lazer! Mas não nos devemos esquecer de outros deveres mais importantes.
Pergunto:
-Há alguém a quem tenha acontecido coisa idêntica, ou só acontece na minha casa?

21 comentários:

Carla disse...

para já nunca me aconteceu...cozinha e internet não se misturam cá em casa
beijos

Sophiamar disse...

Eheheheh! Pensava que era só na minha. Mas eu sou uma velha de muitas décadas e já não tenho cabeça para conciliar tantas coisas ao mesmo tempo.

Um beijinho e não voltes a fazer o mesmo. Tá?

Abração amiguinho

Tiago R Cardoso disse...

a mim não, não sou grande cozinheiro.

Mas realmente tens alguma razão, muitas vezes nós perdemos-nos por aqui.

Carol disse...

Comigo, ainda é pior. Até me esqueço de cozinhar, mas vivo sozinha e a única obrigação é para com o Jethro, o meu peixinho de estimação. Mas esse nunca passa fome!

Filoxera disse...

Já me aconteceu. Eu tenho o péssimo hábito de querer chegar para tudo ao memso tempo...
Beijos!

Fa menor disse...

Nunca pensei que a internet fosse tão poderosa, não!
Umas vezes faz pegar no fundo e outras entornar o caldo... ;)

Jinhooos

com senso disse...

Já me aconteceu querer aquecer umas almondegas, que por sinal tinham muito bom aspecto e enquanto as infelizes aqueciam, resolvi vir ver as últimas na NET!

Só quando o cheiro a queimado chegou ao quarto é que percebi que já não tinha jantar... Nem tacho!

Infelizmente não aprendi a lição, quase que me voltou a acontecer o mesmo com uma canja com massinhas... Práticamente só ficaram as massinhas... Mas até nem ficaram nada más, por sinal!

Tiago R Cardoso disse...

Agradeço as palavras que deixastes na primeira parte do meu conto, em jeito de publicidade venho te dizer que já publiquei a conclusão.

Obrigado,

Tiago

Rosa Maria disse...

Podes ficar descansado que isso acontece a muito boa gente.

A mim são mais com as torradas da manhã, enquanto venho ler as notícias.

Beijos

Anónimo disse...

podias estar calado, porque ninguem precisava de saber quem è ocozinheiro aí em casa.
Um abraço Jomarol.

daniel disse...

Jo Ra Tone

Com a Galena não aconteria isso. No tempo e no espaço, havia maior disponbilidade. Até porque a NET está à mão 24 sobre 24 horas e a Emissora, daquele tempo, só abria depois de almoço.
Abraço,
Daniel

luar perdido disse...

Pois João...Ou comida ou internet!!!As duas ao mesmo tempo é que não dá nada, ou melhor dar dá; Dà esturro!!!

Delicioso e ...Mea culpa, não é só aí em casa....

Beijos e beijos bom fim de semana

Cátia disse...

Ouvi dizer que nao era bem assim... Agora fiquei na duvida.. será? ;)

Mais que a internet, sao os amigos que estao deste lado... Nao se esqueça disso, sao as pessoas e o que escrevem que nos prendem, nao a internet por si só.

Beijinhos para si

Um Certo Olhar disse...

Lamento que tenhas ficado sem jantar. Deixo-te um certo olhar.
beijinhos

Multiolhares disse...

podes ate queimar a roupa a passar a ferro, agora o petisco é que não
ehehe, isto é um mundo que nos faz esquecer a vida
beijinhos

LuzdeLua disse...

Obrigada amigo por me acompanhar e não desistir de nossa amizade.
É o que mais preciso
Ainda estou me curando da depressão e só Deus mesmo para nos tirar do buraco.
Deixo-te um abraço com carinho
Obrigada por sempre estar por perto
Bjs

joaquim disse...

Bem o melhor é inventarem uns tachos com ligação à net, por exemplo na tampa...

Olha até dava para ir fazendo umas receitas directamente...

Mas lá que a "coisa" tira não só a noção do tempo para os cozinhados, mas também às vezes algum tempo em familia, disso é que não há dúvidas...

isabel tiago disse...

A mim e não poucas vezes. Deixo mesmo de fazer outras coisas para me entreter com o brinquedo Net...outras vezes, faço alguma coisa, depois estou muito cansada e aproveito para descansar na Net...

Aran disse...

Oi... sem dúvida que a internet é um poderoso meio de comunicação, de divulgação e não só...

Relativamente ao teu último comentário no meu cantinho, deixo-te aqui uns links, no qual poderás apreciar a minha modesta arte, e do qual te foi negado o privilégio em anteriores postagens:

http://cleopatramoon.blogspot.com/2008/04/alma-da-cleo-nasceu-de-uma-graa-de-quem.html

http://pretexto-classico.blogspot.com/2008/04/os-copos-do-brinde-paz.html

http://pecador-me-confesso.blogspot.com/2008/04/o-que-eu-queria-era-ter-escrito-algo.html

Jinhos

Manuela Viola disse...

A mim só acontece esquecer-me de comer, quando pinto. Na internet não sou viciada.
Mas estorricar um galo do campo... é imperdoável. eheh
Beijo

Mia disse...

E uma mensagem de amor diminui certamente o prejuizo. Lê.
beijinhos