sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Com todo o respeito

Havia dois irmãos:
O Tóino e o Zé, da família dos canhenhos. O Zé, o mais velhaco, disse um dia para o Tóino:
-Oh Tóino! Queres ver que eu consigo fazer o nosso pai ladrar?
- És parvo, como és capaz?
- Então vê:
Aproximando-se do pai que estava sentado a dormitar, perguntou-lhe:
- Oh mê pai, Voxemexê amanhã vai à micha?
O velhote já um tanto atrapalhado na língua, respondeu:
- BOU!….BOU!... BOU!
-Estás a ver mano, que consegui fazer o nosso pai ladrar!
____________________________

O que um filho pensa do seu pai

Aos 7 anos:
O meu pai é um sábio, sabe de tudo.

Aos 14 anos:
Parece que o meu pai e engana em certas coisas que me diz.

Aos 20 anos:
O meu pai está um pouco atrasado em suas teorias; não sabe desta época.

Aos 25 anos:
O “Velho” não sabe de nada… Está caducando, decididamente…

Aos 35 anos:
Com a minha experiencia, o meu pai nesta idade seria um milionário.

Aos 45 anos:
Não sei se consulto o “Velho” neste assunto, talvez me pudesse aconselhar.

Aos 55 anos:
Que pena ter morrido o “Velho” a verdade é que tinha umas ideias e umas clarividências notáveis…

Aos 60 anos: Pobre pai… Era um sábio… Como lastimo tê-lo compreendido tão tarde!

12 comentários:

gotadevidro disse...

Gostei.

A primeira anedota ri...Claro

A segunda é mesmo a realidade. Estou em crer que é isso que se passa.

Bom fim de semana
beijo

Tiago R Cardoso disse...

da primeira, bem conseguido.

na segunda, muito bem escrito e dito, é de facto uma visão bem apanhada da vida.

Sophiamar disse...

Comecei a rir mas acabei a chorar. O meu pai já cá não está e amei-o sempre tanto! Era um sábio!

Beijinhos

Manuela Viola disse...

É sempre assim.
Vê se consegues ver aqui

http://blip.tv/file/1280822
om fim de semana.

Mara disse...

Gosto imenso deste tipo de histórias tão simples e muito certas.
Bjs

Multiolhares disse...

precisamos de crescer na idade para entendermos a sabedoria da vida,
tudo chega na hora certa pena que não o entendamos
beijinhos

São disse...

A segunda conhecia, a primeira divertiu-me.
Feliz domingo.

Mia disse...

aprender tarde tem custos elevados.
beijinho

Rosa Maria disse...

E não é que nós pensamos isso dos nossos pais?

claro que agora é o que o meu filho pensa de mim...

Beijos

LUA DE LOBOS disse...

nem faço comentários embora nalgumas coisas eu não esteja de acordo... se calhar eles fizeram o melhor que sabiam... ou podiam...

Carla disse...

porque sermos pais...faz-nos ver de forma diferente os nossos próprios pais. A vida a isso nos conduz!
beijos

São disse...

Vim deixar saudações.