quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

“A culpa é do sistema”

“Sistema lento que não reage em tempo útil à necessidades de cada um”…

…"Quanto maior a demora, mais o cliente tem de pagar ao advogado que o representa”…


Um tema que preocupa actualmente o Sr. Presidente da República... e não só...

Pois bem…. Se fossem resolvidos parte dos problemas (os de menor gravidade), como este, talvez não houvesse tantos processos em lista de espera:

O ti Joaquim foi um dia à serração com uma carrada de toros de pinho para fazer as tábuas para a sua lida do dia-a-dia.
De repente aparece-lhe um homem com uma patrulha da GNR "Você não pode serrar essa madeira! essas falcas são minhas!" O ti Joaquim espantado com tal aparato, mas convicto da sua inocência, responde-lhe "Deves estar muito enganado! Por quem me tomas? Estás-te a armar aos cágados ou quê?"
"Pois bem vamos tirar as coisas a limpo!" Acrescentou.
Pediu ao serrador que cortasse um palmo da parte mais grossa da falca, do lado do pé, e carregando-a às costas pediu que o seguissem até ao pinhal, que ficava à distância de meia légua.
Chegados ao local, assentou o pedaço de madeira no cepo a que antes o pinheiro pertencera e ajustando-o como peça de um puzzle, concluiu que o pinheiro esteve ali antes.
Perguntando os guardas ao queixoso se aquele pinhal lhe pertencia, este disse que não. Desde logo souberam que, de facto, não estavam perante um roubo, mas sim um falso testemunho, uma esperteza saloia!
Os guardas elogiaram o ti Joaquim pela acção imediata que teve e perguntando-lhe o que pretendia fazer a partir dali, este pensando bem, e para que servisse de lição ao queixoso, apenas exigiu que este lhe pagasse o trabalho de serrar a madeira.
O homem não teve outro remédio se não concordar, para que a coisa não se complicasse, terminando assim a contenda.

E assim se foi livrando até hoje das malhas da justiça!

6 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Gosto das tuas historias, que o Tio Joaquim se mantenha firme por muitos anos...

Tiago R. Cardoso disse...

Eu quis dizer Ti Joaquim...

quintarantino disse...

Eu diria mesmo mais, firme e hirto!

Sophiamar disse...

E assim, rapidamente, se resolveu a contenda. Da mesma forma se resolveriam outras de somenos importância, ficando muito tempo disponível para levar a bom termo, com rapidez, os casos que exigem uma punição exemplar.

Beijinhossss

luar perdido disse...

Bravo Ti Joaquim! è um homem e tanto!
Quanto à nossa justiça...Pois, a culpa é....Do sistema, eternamente!

Beijinho doce

multiolhares disse...

É verdade existem processos que facilmente seriam resolvidos… mas que fazer?
Beijinhos
luna